Feeds:
Artigos
Comentários

Vimos esta noticia e decidimos partilhar!

Pesquisador diz ter encontrado chip extraterrestre no crânio de Napoleão

Em um caricaturesco caso, mas nem por isso descartável, no qual misturam ficção científica com a análise histórica, um pesquisador francês propõe que Napoleão Bonaparte, o insistente e hábil imperador francês, pode ter sido abduzido por extraterrestres. O Dr. Andre Dubois e sua equipe de pesquisadores descobriram um dispositivo, que rompe completamente com o contexto histórico, aderido ao crânio do célebre imperador: um microchip de tecnologia super avançada.

– “Os possíveis envolvimentos desta descoberta são desproporcionais para serem compreendidas”, declarou Dubois depois de compartilhar sua descoberta no Diário de Medicina da França.

Tudo começou quando Dubois e sua equipe solicitaram ao governo francês a possibilidade de exumar e analisar os restos ósseos de Napoleão, ao qual o governo francês aceitou em troca de 140 mil dólares. O objetivo da pesquisa era descobrir se Bonaparte tinha sofrido algum tipo de desordem pituitária determinasse sua baixa estatura.

Mas para além de sua discreta missão, o que Dubois clama ter encontrado ultrapassa os limites do crível:

– “Ao examinar o interior do crânio minha mão entrou em contato com uma pequena protuberância. Depois de observar com uma lupa me surpreendi ao comprovar que o objeto correspondia a um microchip super avançado”.

A partir do achado, seja “real” ou uma sofisticada alucinação, Dubois começou a pesquisar a profundidade da vida de Napoleão e detectou o período no qual pode ter sido sequestrado por extraterrestres:

– “Napoleão desapareceu durante um período de vários dias em julho de 1794, quando tinha 25 anos. Depois explicou que foi aprisionado na revolta Termidoriana, mas não existe nenhum registro que confirme sua explicação. Eu acho que foi nestes dias quando aconteceu a abdução.

Posteriormente, e seguindo as extravagantes conjecturas de Dubois, poderíamos pensar que este provável episódio na vida de Napoleão eventualmente o guiaria, auspiciado por tecnologias e informação insólitas nesses tempos, a se converter em um dos mais poderosos imperadores de seu tempo.

E conquanto existam altas probabilidades de que esta história seja uma grande patacoada de um cientista muito ocioso, também existem dois pontos importantes a considerar:
nada é tão extravagante para ser descartado ipso facto. Se assim procedêssemos, seguramente a ciência estaria secularmente atrasada e, por outro lado, a dourada interrogação: tudo o que conhecemos não é praticamente uma alucinação catalogada como realidade ao ser introduzida a uma matriz de convenções psicossociais?

Leia mais em: Pesquisador diz ter encontrado chip extraterrestre no crânio de Napoleão – Metamorfose Digital http://www.mdig.com.br/index.php?itemid=21118#ixzz2eanYwKuJ

Vejam a noticia completa aqui em inglês.

Perdigueiraa vida está cheia de histórias de amor e coragem, protagonizada pelos herois de compaixão, homens e mulheres (mais mulheres…)cujos corações se recusam a deixar de acreditar nos milagres e mais importante a fazê-los acontecer… às vezes tb esquecemo-nos de partilhar essas histórias… e esquecemos tb como é importante partilhar e dar a saber destes pequenos/grandes milagres que fazem a diferença nesta época de dificuldades mas tb xeia de potencial para mudar…
Assim, e se têm tempo para ler aqui fica uma história verdadeira… e prometo com um final feliz….

era uma vez, à cerca de 3 a 4 semanas( última semana do ano passado) cumprindo um ritual diário, por volta do amanhecer a porta da minha casa, na lourinhã abre-se para a rua num frenesim xeio de vida: é hora do primeiro xixi para cães e gatos cá de casa(cada com sua história, mas fica para um outro dia…) qdo de repente passa na frente da casa uma cadela perseguida por um grupo de cães xeios de vontade, cada um deles, de se tornarem preferidos para um ritual que embora preenchendo os requesitos da mãe natureza, não comtempla as melhores circunstâncias e o bem-estar para cada um dos participantes nem dos futuros frutos de tal encontro… ela , via-se k já estava extunuada de palmilhar, sinais de magreza extrema, desorientação e saturação da perseguição de k era alvo, andando para tráz e frente buscando algo que nem ela própria sabia…dava dó… o frio intenso das manhãs geladas….. chameei-a , senti apenas a sua aflição, o desespero, chameia, como um cão, como se chama um gato….tb eu fikei aflita…e indignada, não sei se com a vida,se com a natureza, se com o dono que não tomou providências…
haviam de ver… grandinha, desengonçada, umas perninhas tremelikes, umas orelhas grandes,caidas pelo focinho doce e ainda com vida na expressão…olhos amendoados a gritar por socorro… definitivamente o meu coração tinha acabado de se comprometer nesta causa! ela correu na minha direçao.e um séquito de pretendentes tb, no entanto, todos eles apresentavam sinais de boa nutrição e até alguns bem simpáticos! menos mal, o meu coração ficou livre para sem culpa se centrar nos cuidados para a menina!
Voei para dentro de casa, agarrei no stock de paté disponivel para as meninas cá de casa (presentinhos ocasionais de bom comportamento) e num àpice o stock foi engolido em frações de segundos! fiz as contas, 5 caixas x 300 grs = sentir-se-ia mal?, sede? voei de novo para dentro, bebeu, claro… o rabinho a abanar e os olhinhos a pedir ++, não , não podia ser, então não morria da doença,ía lá deixar que morresse da cura… entretanto, já todos os outros abanavam o rabinho, então e nós? acalmen-se os leitores, que para não me alongar mto +,e acabar de contar a história, vou tentar resumir, todos comeram, as cá de casa tb, os gatos k estão habituados às meninas de casa, para susto meu resolveram envolverem-se na degustação comunitária… fikei sem pinga de sangue… Naquela manhã, posso vos garantir que os anjos da guarda de todos nós, todos eles tinham madrugado…
E, assim, durante alguns dias, pela manhã e só pela manhã, bem cedo ela passava e fazia uma refeição, já me conhecia, a minha voz e quero acreditar tb o meu coração… Comecei a ambicionar… ora bem, um plano, já tinha a sua confiança, agora precisava de um bom plano…
É que a lotação lá de casa, nos meses anteriores tinha conhecido mto bruscamente, um aumento de 300%, sem nehum planeamento prévio…por via de circunstâncias que um coração não pode ficar indiferente àquilo que o destino teima em nos provar que aquilo que todos (quase todos)acham que não se pode fazer nada, na verdade se quisermos mesmo, podemos sim! Permitam-me um desabafo :NADA, JUSTIFICA ABANDONAR UM MEMBRO DA FAMILIA!
Ora bem,havia ainda uma outra questão logistica, para quem nos conhece, sabem que mensalmente nos deslocamos ao porto a trabalho e os nossos meninos não tendo a quem os deixar, acompanham-nos! 4 cães e 2 gatos é sem dúvida lotação esgotada para uma carrinha!
pronto, estas eram as dificuldades, agora as vantagens: um coração que teimoso, continua a acreditar em milagres!!!
E tb, um coração que acredita que se fizermos a nossa parte, o pessoal lá de cima não tem alternativa, e tem que trabalhar tb! honrando a máxima: se o homem fizer a sua parte(supostamente 50%, deus faz os restantes)
Entretanto, reforços: a Alexandra tinha acabado de chegar e após sábias observações a que me confrontou, mal viu a menina( eu já ensaiava Lulu) tornou-se menbro activo do plano para a reter e procurar um novo destino, mais confortavel, mais livre, mais feliz ….
Sucesso,na manha seguinte, com os movimentos articulados e comidinha, a menina lá entrou,fechamos a cancela,boa! já cá estava dentro! dispensamos simpaticamente os pretendentes, (mais ou menos), e planeavamos já o banho, cuidados com a conjuntivite k teimava em fazer parceria com dilatação dos sacos lacrimais, feridas no corpo, marcas de armadilhas em sangue nas patas, era urgente o resgate!!!
PUM!PUM!PUM! PUM
Um som de morte, não um som literário de morte ao dantas, mas um som violento, insurdecedor(?) real, ali mesmo no vizinho!!! Bolas, logo tão cedo de manhã, numa rua que conhece e trata por tu, cada passáro, cada gato, cada carro (que se contam pelos dedos da mãos), vimos voar pelo muro, atordoadas, imóveis, a nossa lulu… num instante, as meninas da casa voaram no sentido do interior… ms a nossa Lulu, essa desapareceu, voou no sentido oposto usando a restea de energia k tinha…e para gáudio dos resistentes pinga-amor, lá foram todos atráz dela!
o nosso plano não tinha contemplado o entusiasmo do vizinho por ser este o último dia de um ano que para a maioria não deixaria saudades! E resolveu começar a festejar bem cedo!!!
Tristeza, impotência, um balde gelado para me preparar para a festa da passagem de ano!
E os dias passaram, ou melhor as manhas passaram! não é que deixou de aparecer!!! lá estavamos nós, de manhã, religiosamente todos, sim todos, pelo amanhecer ,cães, gatos e 2 roupões bem apertadinhos ao pescoço para afungentar o gelo que os raios da manhã ainda sem nascer não podiam animar… as nossas meninas, já esperavam com alegria e espetativa o encontro matinal que para elas nada tinha de trágico nem de anormal….
Pronto, a ausência da lulu exigia mais um entendimento..deixar o apego, entregar, deixar fluir,sim, sim! e… lembrei-me de Ewuá (é assim k se escreve?) do filme Avatar, ora bem, isto era um assunto para ser resolvido pela mãe Terra, não pelos guias ou anjos da guarda!de repente fez-se luz, o meu pedido,a minha causa, a diligência qual documento em repartição pública perdido em departamento errado, a minha “quest” tinha sido mal adressada e estava perdida num qq departamento celeste… à espera de reencamhimento… pois bem, salvar a lulu não podia esperar… Ali mesmo, em frente ao portão da minha casa,com uma linha de horizonte de quase (+ ou-) de 120º,com um céu limpo, brilhante, uma brisa gelada mas solene,com a benção do sol que começava a espreitar trazendo bons augúrios, evocámos o coração da mãe Terra,e exposemos a nossa intenção de resgatar a lulu, e entregamos ……. desta vez,nas mãos certas.

bom, já sabem as histórias são assim, as pequenas conquistas, as dificuldades que fazem uma boa saga demoram o seu tempo a serem contadas e depois qdo chega a parte boa,na parte do viveram felizes para sempre, o filme ou o conto costuma acabar… pois bem, aqui não acaba!!!
então, na manha seguinte, corrijo, que a mãe natureza é despachada, digamos, umas horinhas depois a menina apareceu entrou por pata própia,no pátio sem necessidade de ser chamada ou seduzida com comida e veio se deitar!!! pasmem!!! como se nunca tivesse conhecido outra vida!
Estava bem pior, coberta de sangue, os acompanhantes, eram agora em numero bem maior…e alguns tinham algum sangue ainda vivo nas suas gargantes, a lulu devia ser aos olhares caninos um “pedaço”….
não cometemos os mesmos erros e não esperámos+, segiu-se um banhinho quente, que mostrou um pelo magnifico, (o sangue não era dela…)uma comidinha quente, feridas tratadas, uma camisolinha nova quentinha e colorida, e 2 dias seguidos a dormir no melhor e mais cobiçado canto do sofá que as meninas de casa fizeram questão de ceder de livre vontade… linguas amigas ensairam algum conforto às almofadinhas da lulu que estavam inchadas e rompidas de tanto andar sem rumo e sem descanso..
O veterinário já há mto estava marcado para as meninas da casa, então ao 3º dia, aí fomos todas, 7 femeas, 5 conduzidas, 2 a conduzir, o local era uma novidade, dificil acesso(como tem que ser, qdo se toma conta de + de 200 abandonados) mas a voz amiga ao telefone prometia simpatia, boa vontade e uma atenção nos custos…
bom, a mãe natureza ouviu mto bem o nosso assunto, pois qdo chegou a nossa vez de ser atendidas, resolvemos começar com a lulu que era quem + inspirava cuidados..

a nossa menina entrou, a minha lulu, eu já lhe chamava minha… a Alexandra nunca gostou do nome, vai se lá saber a razão…
Pois bem, aki nesta história verdadeira vai-se saber a razão sim senhora!
o médico veterinário, um homem jovem que começava uma vida independente, estava agora a mudar-se para a sua nova casa e considerava a adopção de um cão! a nossa menina, afinal de marca perdigueira fez os encantos do doutor que com o nosso consentimento e benção (e alguma saudade já no nosso coração)
ali mesmo foi adotada e rebatizada de (vai se lá saber porquê) de RAZÃO…
Esta história, ficaria perdida ns nossas memórias pois nem o médico nem + ninguém saberia os contornos mágicos desta menina que a mãe natureza tão bem resolveu e encaminhou não ficando atrás de Ewua do Avatar…
FIca aki assim para a história da Humanidade…que os corações dos homens e mulheres ainda falam com o coração da mãe terra e a mãe terra ainda responde aos corações despertos da humanidade
Fica tb os agradecimentos
à mãe natureza
aos guias de todos nós
ao meu coração e daAlexandra
a nossa menina lulu, agora razão
ao médico veterinário
à associação APA de torres vedras
e a todos vós, que agora são tb zeladores e portadores das experiencias de todos que ressoando nos corações geram energia de compaixão para resgatar muitas mais meninas e meninos que sem voz precisam da nossa voz, como todas as crianças do nosso reino humano! a todos bem hajam

Arv-sefirot-250Queridos(as) Amigos(as) dos Mestres Ascensos,

Nos solstícios de Verão e Inverno temos a oportunidade de escrever uma carta aos Senhores do Carma, pedindo direção e resoluções divinas para as situações pessoais, da família, da comunidade, da nação, do planeta, entre outras.
Pode começar por agradecer do seu coração tudo quanto recebeu de Deus (nos 6 meses anteriores ou mais), passando depois a fazer os seus pedidos pessoais, coletivos, nacionais e mundiais já referidos acima, não esquecendo de pedir ajuda para toda a sua Missão Divina na Terra e força para conseguir obter orientação e resolução Divina.Depois de se abrir a Deus nesta carta, pode encerrá-la, não esquecendo de escrever quais as suas ofertas que dá em retorno, através do serviço ao próximo, possível renúncia de certos hábitos escravizantes, preces, decretos, novenas, Chama Violeta, que serão a sua dádiva pelo qual o Conselho do Carma poderá multiplicar e usar como carma positivo, para depois o poder ajudar. No final, depois do selo assine a carta e coloque a data.Lembramos que é bom ter cuidado para não prometermos mais do que poderemos realizar.

No dia 21 de dezembro, no espaço do Grupo, das 19:30 às 21:30, iremos realizar um serviço de transmutação do nosso carma e do carma planetário, iremos fazer as nossas petições aos Senhores do Carma, lançando na Chama Violeta tudo o que cada um desejar transmutar. Iremos fazer uma meditação – Meditação sobre a Chama Violeta – para intensificação da ação dos nossos decretos.

Traga a sua carta neste dia para ser queimada e levada pelos Anjos aos Mestres a quem a endereçou.

Que o Cristo renasça em cada coração e que 2013 floresça repleto de vitórias divinas.
A Direção

Mensagem passada pelo Grupo de Estudo dos Mestres Ascensos com o site http://mestresascensos-lisboa.webnode.pt/

Planeta Terra

“UMA ORAÇÃO PARA AS ALMAS QUE ESTÃO INDO EMBORA DA TERRA
Amada Presença de Deus EU SOU nos corações de toda humanidade, Amado São Miguel, Arcanjo da Libertação, e suas legiões angélicas:
Em nome das almas da humanidade – particularmente as que serão chamadas de suas formas mortais por nosso Pai celestial neste dia – Eu faço este chamado. (inclua aqui seus amados que acabaram de partir)
Deixe os Anjos da Paz junto aos corpos físicos de cada alma mantendo em perfeita paz a aura e os sentimentos dos que estão partindo da oitava física e dos (encarnados) que estão presentes, onde tal libertação estiver acontecendo.
Pela Presença dos Serafins de Deus, deixe a aura santificada ser elevada na hora solene da transição, que a alma possa ser libertada de seu tabernáculo terreno pelas legiões dos Arcanjos Miguel, Gabriel, Rafael e Uriel.
Permita que todo o temor e dúvida, tristeza pela separação e mágoa na partida dos amados, sejam consumidas pelos Anjos de Chama Violeta do Arcanjo Tzadkiel. Que não haja angústias para as almas que estão no limiar de uma nova liberdade.
Deixe que os Anjos Divinos da Libertação encontrem cada alma. Não permitam que os humanos pertencentes às evoluções da terra, passem pelos véus da chamada “morte”, desamparados.
De acordo com a vontade de cada um, deixem todas as crianças de Deus que passam pela tela da vida neste dia, serem levadas aos Templos da Misericórdia e do perdão para serem banhadas pelos fogos purificadores da Chama Violeta de Saint Germain.
Deixe-os serem preparados para passar perante os Senhores do Karma na dignidade do Cristo Pessoal de cada um, e cientes, em plena consciência; e permitam que cada alma seja designada a uma escola da Vida, para receber a oportunidade de estudar a Grande Lei, de acordo com a sua própria evolução.
Eu Chamo aos Senhores da Misericórdia e do Amor divino, para envolver todos cujos amados estão para partir ou recentemente partiram desta terra, transmutando e consumindo com todo o peso e sentimento de perda, enchendo cada coração e lar com a paz e o entendimento sobre a oportunidade recebida pelas almas, chamadas a outros reinos, para progredirem no caminho de Vida eterna.
Assim Seja! Eu Aceito isto manifestado em nome do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, Amém”

Obviamente para quem se identificar com ela e quem precise orar por quem já partiu,podem acender uma velinha ……

Não custa tentar:)

<a
beruby.com, o portal onde podes poupar!

:: Quem são os vossos Deuses. ::

Quem são os vossos deuses?

Thoth3126@gmail.com

Capítulo III – livro “Mensageiros do Amanhecer, Ensinamentos das PLÊIADES”, de Barbara Marciniak

Existem muitas idéias errôneas sobre o conceito de di­vindade. O universo está repleto de seres inteligentes que têm, ao longo do tempo, evoluído e desenvolvido todos os tipos de capacidades e funções para atender às necessidades de se ex­pressarem criativamente. A importância que há por detrás da existência e da consciência é a criatividade, e ela pode assumir diversas formas. Há eons, a Terra era apenas um pensamento na mente de grandes seres que estabeleceram para si o objetivo de cria­rem novas formas de existência.

Muitos destes seres afetaram a criação do universo, e vocês os denominaram Deus. Na ver­dade, eram energias extraterrestres portadoras de luz, há muito removidas do Criador Primordial. Nós raramente usa­mos o termo DEUS com letra maiúscula. Se fossemos usar este termo, seria para nos referirmos à entidade que conhecemos por Criador Primordial. Ele, em sua implosão pessoal através do amor, dotou todas as coisas com a consciência. Todas as coisas são o Criador Primordial na sua viagem. Nós nos vemos como extensões do Criador Primordial­ sempre adquirindo informação e partindo em busca de aven­turas, para assim o alimentarmos.

À medida que o alimen­tamos com nossos planos e esforços, fornecemos-lhes mais energia para novas criações. Nunca chegamos perto da Entidade Criadora Primordial. Mesmo aqueles entre nós que são seres da maior vibração lu­minosa não têm a capacidade, no estágio de evolução em que nos encontramos, de se aproximar do Criador Primordial, ainda não estamos prontos para sustentar a intensidade desta emanação primordial. Desejamos veementemente em algum ponto do nosso processo evolutivo, vislumbrar, ou eventualmente nos fundir ao Criador Primordial por um tempo.

Sabemos que isso é possível. A evolução da consciência e a capacidade de armazenar informação é o que nos permite aproximar-nos do Criador Pri­mordial. Diversas pessoas na Terra sentiram haver-se fundido com Deus. Elas devem ter-se fundido com a porção do Criador Primordial que mais se adequou à sua vibração naquela momento. A vibração total do Criador Primordial destruiria qualquer veiculo físico num instante, pois o veículo não seria capaz de armazenar tamanha quantidade de informação e ENERGIA. Os que representam“Deus” para vocês são apenas uma porção diminuta do Criador Pri­mordial.

Até mesmo o Criador Primordial é uma porção diminu­ta de algo maior. Ele está constantemente descobrindo que é filho de outra criação e que também ele se encontra em cons­tante processo de auto-descobrimento e conscientização. Lembrem-se, a consciência está dentro de todas as coisas e nunca foi inventada, ela simplesmente é. Consciência é conhecimento (conhecimento é informação, que é energia: IGNORÂNCIA é trevas e ausência de energia, é estagnação e FALTA de criatividade) e o vosso conhecimento é o lugar mais próximo do Criador Primordial. Quando você acredita no que conhece, está ativando o Deus dentro de você. Nesta época, há uma grande conscientização alastran­do-se pelo planeta de quão grande o mundo é, e a pergunta não é mais só quem é quem no jogo do mundo, mas também quem é quem no jogo cósmico.

Da mesma forma que existem hierarquias na Terra, existem hierarquias cósmicas. Você pode morar numa região e não ter conhecimento de que aí existe uma hierarquia. Pode culti­var suas terras, pagar seus impostos, decidir não votar, e simplesmente não estar atento à estrutura burocrática política. De forma semelhante, a Terra está absorta da estrutura burocráti­ca política que opera o universo. É importante compreenderem que burocracias e hierar­quias existem e que estas organizações têm uma vivência de tempo diferente da vossa. O que vocês chamam de um ano, talvez para outros seja apenas uma pequena parte do seu dia. Se conseguirem começar a compreender isto, entenderão porque este planeta foi aparentemente abandonado a si próprio nos últimos milhares de anos.

Agora, a atividade vinda dos céus está começando a borbulhar e a ferver novamente e vocês irão se deparar com a introdução de uma grande quantidade de conhecimento novo em vossos paradigmas e sistemas religio­sos. Este planeta está sujeito a um choque cultural. Vocês vieram para cá, agora, com um propósito deter­minado: enfrentar os deuses criadores que refizeram a espécie humana e que estão voltando. Alguns deles já estão aqui.

Alguns deles já estão aqui, já retornaram.

Este planeta tem sido constantemente visitado e muitas formas di­ferentes de seres humanos foram semeadas aqui através de grande variedade de experiências. Houve muitos fatores que influenciaram o curso da história na Terra. Durante milhões de anos, existiram neste planeta civilizações que vieram e se foram sem deixar vestígio. Todas estas civilizações, assim como a vossa história, foram influenciadas por inúmeros seres luminosos que vocês denominaram Deus.

Na Bíblia, muitos destes seres foram combinados passando a representar um ser,quando não eram de jeito nenhum um único ser mas uma combinação de várias energias luminosas extraterrestres muito poderosas. eram, sem dúvida, energias majestosas vistas sob nossa perspectiva, e é fácil compreender porque foram adoradas e glorificadas.­ Não há literatura na Terra que apresente um retrato verdadeiro destes seres. Todos os deuses vieram aqui para aprender e acelerar o seu próprio desenvolvimento através do trabalho com criatividade, consciência e energia.

Alguns foram bem sucedidos e aprenderam suas lições, enquanto outros cometeram erros devastadores. Quem eram estes deuses da antiguidade? Eram seres capazes de modificar a realidade e comandar os espíritos da Natureza segundo a sua vontade. Os humanos tradicional­mente chamam de Deus seres capazes de fazer o que eles não conseguem. Estes seres passaram por antigas culturas de varias sociedades, retratados como criaturas aladas e bolas de luz. Este mundo é permeado de pistas, indícios e artefatos que indi­cam quem eram os seus deuses.

Contudo aqueles que desejavam manipular os humanos inventaram suas próprias historias criando paradigmas para os poderem controlar. Disseram-lhes que estes seres eram deuses verdadeiros e vocês foram ensinados a cultuá-los, adorá-los e obedecê-los. Este paradigma está agora na eminência de sofrer uma mudança gi­gantesca. A verdade aparecerá, uma verdade que mudará completamente a maneira como voces vêem o mundo. Pobres da­queles que não quiserem enxergar (e sempre haverão os CEGOS). As reverberações do cho­que atingirão todo o mundo.

Os deuses criadores que têm governado este planeta possuem a capacidade de assumir a forma física, embora na maior parte do tempo existam em outras dimensões, eles mantêm a Terra numa determinada frequência vibracional criando traumas emocionais para se alimentarem. Existem seres que honram a vida acima de tudo, e seres que não respeitam a ­vida E nem compreendem a ligação que têm com ela.

Consciência alimenta consciência. Não é fácil entenderem este conceito, porque vocês se alimentam de comida. A comida­, para alguns seres, é a consciência. Toda a comida contém consciência em algum ponto do seu proprio desenvolvimen­to, quer você a frite, cozinhe ou colha da horta; você a ingere para manter-se nutrido. As vossas emoções são alimento para outros seres. Quando vocês são controlados para gerarem de­vastação e fúria, estão criando uma frequência vibracional que sustenta a existência destes outros seres, porque é disso que eles se nutrem. Existem seres que vivem da vibração do amor, e esse grupo gostaria de restabelecer o alimento do amor neste pla­neta.

Eles gostariam de ligar este universo na frequência do amor para que ele tenha a oportunidade de sair e semear outros mundos. Vocês representam o grupo renegado da luz, concorda­ram em voltar ao planeta, e têm uma missão. Vieram para estes corpos físicos para assumirem o seu comando e mudá-los através do poder da vossa identidade espiritual. Todos selecio­naram com muito cuidado as linhagens genéticas que lhes trariam a melhor vantagem inicial. Cada um escolheu uma história genética através da qual os membros da Família da Luz já passaram.

Quando os seres humanos viviam nos domínios que lhes pertenciam por direito e podiam compreender diversas reali­dades, possuiam a capacidade de serem multidimensionais, de serem iguais aos deuses. Vocês estão começando a desper­tar esta identidade dentro de si. Os deuses assaltaram esta realidade. Para que vocês acreditassem serem eles Deuses com D maiúsculo, os remode­laram geneticamente. A Família da Luz foi expulsa do planeta, e o time das TREVAS (comandado por MARDUK, consciência do planeta MALDEK), que operava e opera através da ignorância, assumiu o co­mando. Os corpos que ocupam carregam o medo e a lembran­ça da luta pelo conhecimento que estes deuses representavam e roubaram de vocês. Estas criaturas espaciais magníficas podem exercer a manipulação de várias maneiras e trabalhar com a realidade de inúmeras formas diferentes.

Os “deuses estão voltando e …

Os humanos, na ignorância, começaram a chamar estas criaturas espaciais de Deus, com D maiúsculo. Deus com D maiúsculo jamais visitou este planeta como uma entidade. Deus com D maiúsculo está em todas as coisas. Vocês lidaram apenas com deuses com d minúsculo que de­sejavam ser adorados, queriam confundi-los e consideravam a Terra um principado, um lugar que possuíam nas fímbrias da galáxia deste universo de livre-arbítrio. Antes da pilhagem, vocês possuíam tremendos atribu­tos. O exemplar biogenético do ser humano original recebeu informações maravilhosas, era interdimensional e podia fazer coisas incríveis.

Quando estes deuses criadores assaltaram o planeta, acharam que as espécies locais sabiam demais. Elas possuíam capacidades muito semelhantes às de quem deseja­va passar por Deus. Uma manipulação biogenética foi executada originando mais destruição. Houve versões experimentais das espécies trazidas ao planeta em que os arquivos originais foram disper­sos, mas não destruídos. Antes, o vosso DNA estava intacto. Parecia uma linda biblioteca onde a informação estava toda catalogada e referenciada e vocês podiam encontrar tudo que quisessem instantaneamente.

Quando ocorreu a alteração bioenergética e a informação foi desligada, foi como se alguém tivesse escondido o sistema de referência, tirando todos os li­vros das prateleiras e os jogado no chão, aleatoriamente. Foi assim que o vosso DNA foi espalhado e misturado pelos usur­padores, há muito tempo atrás. Existe uma razão explícita para lhes contarmos esta história. Não estamos nos dirigindo à vossa mente lógica, mas aos vossos bancos de memória, para que vocês possam Começar A se lembrar da vossa participação nisso tudo. Dessa forma, vocês começarão a entender o que aconteceu e quem são vocês dentro deste processo.

Toda a informação genética foi misturada e desorde­nada, mas deixada dentro das células. A única informação que restou para vocês usarem e para mantê-los em funcionamento foi a dupla-hélice. Diversas memórias dentro da dupla-hélice foram desligadas, fechadas, e então vocês começaram a funcio­nar com pouquíssimos arquivos. Vocês eram muito facilmente manipulados e controlados por muitos aspectos da consciên­cia que se passaram por Deus. Certas entidades pegaram a espécie existente, que era realmente uma espécie gloriosa e a reprogramaram para seu próprio uso, suas próprias necessidades.

Eles interromperam a freqüência da informação dentro dos seres humanos, mu­daram o DNA e deram-lhes a dupla hélice para que vocês pudessem ser mantidos na ignorância. A vossa freqüência de acessibilidade foi simplesmente desligada para que vocês não pudessem girar o dial do vosso próprio rádio. Estes deuses criadores alteraram o DNA dentro do cor­po humano, que é a inteligência, o projeto, o código. Se um código não tem espaço para operar, não pode acender-se para a existência ou expressar-se como existência. Se você for tran­cado num quartinho, sem lugar para crescer, jamais poderá expressar-se. Nos últimos milênios, o vosso código foi obriga­do a permanecer dentro de um DNA muito limitado.

Um dos aspectos mais emocionantes para se estar na Ter­ra neste momento, é o fato de estar havendo uma reorganiza­ção, ou uma re-instrumentação no vosso DNA. Raios cósmicos (Cinturão de FÓTONS) estão incidindo sobre o planeta para que esta mudança seja difundida e a reorganização possa ocorrer dentro do corpo. Os arquivos embaralhados que contêm a história e a consciência da Biblioteca Viva estão sendo organizados. O DNA está evoluindo. Novas hélices, ou fitas estão sendo formadas à medida que os filamentos de Códigos lu­minosos começam a se agrupar.

Os arquivos dispersos estão sendo unidos dentro do vosso corpo por energias eletromag­néticas vindas do Criador Primordial. Nós estamos aqui para observar este processo em vocês, para ajudá-los e para evoluirmos junto. Quando estes agrupamentos ou reorganizações ocorre­rem, vocês irão desenvolver um sistema nervoso mais evolui­do que possibilitará o acesso de uma quantidade muito maior de informação à vossa consciência. Muitas células do vosso cérebro que haviam permanecido dormentes irão ser despertas passando a usar toda a capacidade do vosso corpo fisico e cerebral e não apenas a pequena porcentagem com a qual vinham funcionando.

Todas as regiões do planeta estão sendo afetadas por esta mudança, esta conscientização e aqueles entre vocês que sãos Guardiães da Luz e desejam mudar completamente a reali­dade presente, trazendo para cá diferentes opções estão anco­rando a frequência. Se ela não for ancorada e compreendida, pode criar o caos. Ela criará o caos. É por isso que vocês precisam ancorar-se. O caos traz um estado de reorganização quando utiliza­do adequadamente. O tempo está se esgotando e a energia se tornando cada vez maior.

Vocês vieram aqui para usar esta energia primeiro. Abrirão estradas de conscientização ao pu­xar a energia para seus corpos MATERIAIS e isto evitará que outras pessoas tenham de passar por esta experiência. Muitas pessoas despreparadas irão começar a sentir esta energia subitamente. Luz é memória, CRIATIVIDADE e informação e ao atraí­-la,vocês criam novos caminhos para a exploração da consciência. Os novos caminhos de conscientização criam novas rea­lidades, novas opções e novas maneiras de ser e viver. É por­ isso que o colapso da vossa sociedade planetária é inevitável: ela não mantém a luz nem as possibilidades multidimensionais; ela os mantém em sua limitação. Os deuses criadores são seres espaciais que possuem sua casa no espaço. Eles também estão evoluindo. Alguns gosta­riam de chutá-los para fora do “clube dos deuses criadores” por acharem que eles não valem a vida que criam.

Antes do saque, há cerca de 300.000 anos, vários componentes do time original trabalhavam aqui para trazer informação e criar o enorme centro de informação que deveria ter sido usado para conectar vários sistemas galácticos. Houve, então, uma violen­ta guerra entre os deuses criadores, e os seres espaciais, cujas histórias se encontram nos antigos manuscritos deste plane­ta, ganharam a luta. Eles tinham interesses particulares neste local. Aqui, neste universo do Criador Primordial, todas as coisas são permitidas. E como tal, muitas lições são aprendidas.

Alguns destes deuses criadores casaram-se e uniram suas linhagens, da mesma forma que no continente europeu diferentes monarcas e famílias reais se casaram e uniram seus reinos. Os deuses criadores misturavam-se para ver o que con­seguiam criar. Não se esqueçam que eles entendiam de gené­tica e que todas as coisas eram criadas através da manifestação e uso da força vital e da compreensão do seu funcionamento. Neste momento, está além da vossa compreensão perceber a extensão desse projeto.

Quem eram estes seres que vieram e destruiram os pla­nos originais para a Terra? Quem eram estes seres espaciais a que às vezes nos referimos como os Camisetas Negras? Sejam bondosos quando se referirem às forças das trevas. Não falem deles como se fossem maus. Simplesmente entendam que eles são desinformados,e criam sistemas desinformados, porque é assim que sabem operar. Eles lutaram uma vez e separaram-se do conhecimento, por isso agarram-se desesperadamente ao conhecimento que lhes restou e à vida que conseguiram de­senvolver.

Mas esta é uma vida baseada no medo. que não só não respeita outras vidas como as usa. Quem são estes seres? São os Répteis. Estes seres espaciais são parte humanos, parte répteis Nós costumamos chamá-los Lizzies (do inglês Lizard, Réptil). Não estamos aqui para amedrontá-los mas para informá-los. Isto tudo está dentro de vocês, e à medida em que a história de quem são começar a se revelar, alguns de vocês poderão inclusive acessar memórias reptilianas. É uma ilusão imaginarem que sempre encar­naram como seres humanos.

Vocês encarnaram para vivenciar a criação, para reunir informação sobre a criação e para com­preender este processo coletivamente. Com certeza não tiveram uma só ­experiência. Seria como jantar a vida inteira no mesmo restaurante e dizer “conheço tudo sobre culinária. Comecem a expandir as vossas fronteiras e percebam que ainda necessitam experimentar muitas coisas. Existe brilho em toda a espécie de vida.

Os deuses criadores assumiam diversas formas, pois não eram todos Lizzies. Havia deuses criadores semelhantes a insetos. Nós, Pleiadianos, somos associados aos deuses criadores semelhantes a pássaros e répteis. Havia seres que vinham do espaço e trabalhavam com a energia dos pássaros em diversas culturas. Se repararem nos desenhos do antigo Egito, Amé­rica do Sul e América do Norte irão ver sinais de pássaros e répteis. Houve uma época em que pássaros e répteis trabalha­ram juntos, em outra, lutaram. A história se ampliará na pro­porção da vossa compreensão.

Vocês vão começar a se lembrar da vossa história. Os deuses criadores são muito ligados a vocês. Quando uma pessoa decide ter filhos, compromete-se a aprender com eles, a ser responsável pelo seu bem-estar e a ensinar eles a serem responsáveis por si mesmos. O mesmo acontece com os deuses criadores. Observando o vosso crescimento eles aprendem­ sobre a vida; estão aprendendo com o que criaram; es­tão aprendendo a ser bons pais, digamos assim.

Alguns deuses criadores criaram vidas apenas para que estas cuidassem deles, atendessem às suas necessidades. Eles alimentaram-se de suas emoções. Um dos grandes segredos que não vos foi revelado como espécie, é a riqueza e o poder que acompanham as emoções. Vocês foram orientados para não explorar as vossas emoções, porque através delas podem compreender as coisas. Através das emoções vocês conectam o vosso corpo espiritual. O corpo espiritual é o corpo não ­físico, existe na esfera multidimensional.

Está ocorrendo, neste momento, uma transferência na ordem da modulação de frequência no planeta e energias ex­ternas estão trabalhando nesta mudança. Estas energias preci­sam de vocês. Elas não podem alterar o planeta de fora – o planeta precisa ser alterado de dentro. As energias simples­mente trazem os raios cósmicos criativos que penetram em vossos corpos criando o salto evolucionário dentro de vocês. Uma vez que compreendam o uso adequado da emoção e co­mecem a adquirir controle sobre a vossa própria frequência, serão capazes de irradiar estes raios.

E então a frequência do medo neste plano de existência não mais será alimentada. A diminuição da frequência do medo neste planeta pro­vocará uma disseminação de atividades destinadas a aumentá-­lo para alimentar os seres que se nutrem desta frequência. Eles tentarão restabelecer a frequência do medo antes de mudar sua nutrição para a frequência do amor. Os Lizzies instalaram na Terra dispositivos que podem difundir e amplificar o desequilíbrio emocional no planeta.

Este desequilíbrio é-lhes enviado e os sustenta de alguma forma. Para se chegar a um planeta é necessário um portal, ou um caminho de acesso. Vocês podem voar pelo espaço, para Júpiter por exemplo, mas se não encontrarem o portal que permita a vossa entrada na estrutura temporal de existência deste planeta, vão pousar num lugar que parecerá desolado, sem vida. Os portais permitem a entrada na dimensão do planeta onde existe vida. Eles abrem-se para corredores de tempo e servem como zonas de experiências multidimensionais.

Existem vários portais na Terra que permitiram a intro­dução de espécies diferentes, de deuses criadores espaciais. Um dos portais mais gigantescos, muito cobiçado atualmente, é o portal do Oriente Médio(JERUSALÉM) . Se vocês voltarem na história da Terra, irão perceber quantos incidentes religiosos e quantas civilizações foram introduzidas por esse portal. É um portal enorme – com um raio de milhares de quilômetros.

{SOBRE JERUSALEM E UFOS/sondas dos deuses VER no Youtube em: http://youtu.be/rY2FFEufsuY e no próximo vídeo TRÊS DIFERENTES ÂNGULOS DO EVENTO SÃO MOSTRADOS SIMULTANEAMENTE: http://youtu.be/6ttmjBne7L4 – clique em CC e escolha o idioma português – VALE MUITO DAR UMA OLHADA EM AMBOS}

O Oriente Médio e o portal de Jerusalém cujo foco central é onde está a Mesquita do Domo da Rocha, antigo local do Templo de Salomão, local onde vive a maior concentração de fanáticos religiosos do planeta, que são completamente manipulados e vampirizados pelo sistema religioso.

É por isso que existe tanta atividade no Oriente Médio. Este é o portal que os Lizzies usam. De certa forma, os Lizzies vêm controlando este portal. Eles têm usado esta área para criar suas bases e cavernas subter­râneas de onde operam. A antiga civilização da Mesopotâmia, entre os rios Tigre e Eufrates, foi uma colônia espacial onde uma certa civilização foi introduzida (NIBIRU). O Kwait situa-se na boca deste território. Este portal envolve a manipulação de populações humanas para servir às necessidades de outros seres.

Entre os Lizzies há um grupo benéfico e outro maléfico Por que estamos lhes contando isso? Por que vocês precisam saber disso? Porque a realidade dos Lizzies está voltando e fundindo-se com a vossa dimensão. Parte do vosso salto evolu­tivo consciente não consiste simplesmente em mergulhar no amor e na luz. É necessário que compreendam quão complexa é a realidade, quantas formas diferentes de realidade existem e como todas elas são vocês. Precisam estar em paz com todas e fundir-se com elas para criar uma implosão nas facetas da vossa alma. Só assim podem voltar ao Criador Primordial.

Surgirão inúmeras oportunidades de julgar diversas coi­sas e de rotulá-las. Contudo, quando você julga e rotula não experimenta nem sente as novas realidades. Nunca se esque­çam de que esta é uma zona de livre-arbítrio e que há um Pla­no Divino, que será o plano final, a última carta a ser jogada. Todos devem lembrar-se de que esta carta será um Áz. A natureza das relações neste planeta é deveras inte­ressante. Sempre que ocorre uma modulação de frequência num sistema existente, existe um certo magnetismo que con­verge para fora deste sistema.

Este magnetismo atrai de vol­ta para (Efeito Cármico) o sistema toda a energia que alguma vez esteve envolvida com ele, para que ela possa fazer parte da evolução ou do processo. Vocês estão magnetizando para si tudo o que já experimentaram, para que possam sentir tudo o que for necessário à sensação da experiência. Os deuses criadores da antiguidade estão sendo atraí­dos para cá agora por causa do Plano Divino. Eles precisamparticipar e compreender que suas frequências serão altera­das. Eles estão resistindo, da mesma forma que muitos huma­nos estão resistindo. E contudo eles criam suas próprias realidade

Autor: Barbara Marciniak