Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for Abril, 2012

:: Vida Inteligente na Via Láctea. ::

“Na casa de meu Pai HÁ MUITAS MORADAS, se não fosse assim eu vos teria dito. Vou preparar-vos um lugar. E quando eu for e vos preparar um lugar, virei outra vez e vos levarei para mim mesmo, para que ONDE EU ESTIVER VOS ESTEJAIS TAMBÉM. Mesmo vós sabeis para onde eu vou e conheceis o caminho”. João14: 2-4

Vida Inteligente Através da VIA LÁCTEA

Existe vida inteligente através de toda a VIA LÁCTEA – porque 200 a 400 bilhões de estrelas/sóis não podem existir sem QUE HAJA vida!

Fonte: http://www.naturalnews.com/035429_intelligent_life_universe_planets.html#ixzz1qz504Nz9

TRADUÇÃO e imagens: Thoth3126@gmail.com

Domingo, 1º de abril de 2012 – por Mike Adams, Ranger da Saúde, Editor de NaturalNews.com

Meu artigo publicado ontem de que existem cerca de 56 bilhões de planetas “habitáveis” somente na nossa galáxia Via Láctea tocou em um nervo sensível de algumas pessoas no Facebook (ver fonte abaixo). Eles parecem acreditar que, sim, existe um Criador que criou o nosso universo, e sim, que essa inteligência criou de 200 a 400 bilhões de estrelas apenas na nossa galáxia Via Láctea (para não mencionar todas as outras infinitas galáxias), mas depois por algum motivo bizarro Deus só criou a vida humana em um planeta! Somente aqui na Terra!

Reprodução artística do que seria a nossa Galáxia VIA LÁCTEA com seus cerca de 400 bilhões de sóis e o seu GIGANTESCO SOL CENTRAL, o criador de todos os demais sóis/estrelas do sistema inteiro.

É verdadeiramente espantoso que ainda existam pessoas que vivam aqui neste pequeno planeta que se seguram em um limitadíssimo ponto de vista plano da realidade da Terra. Se há uma coisa que aprendemos sobre a Mãe Natureza, é que a vida está em toda parte -. mesmo em lugares que você não esperaria que estivesse tal como o gelo congelado ou em aberturas quentes em ebulição do fundo dos oceanos. Se a Terra é o único planeta no universo do qual a vida humana existe, qual seria o ponto de criação de bilhões/trilhões de galáxias, cada uma com zilhões de sóis e planetas? Estaria então toda esta criação apenas para servir como pontos brilhantes interessantes no céu, tudo para divertir apenas um único povo e raça “escolhida” de seres inteligentes (?!?!), conhecidos como a humanidade da Terra? Absoluta bobagem!

Muitas outras raças inteligentes, sem dúvida, também acham que eles são o centro do universo.

Curiosamente, no entanto, este é provavelmente um fenômeno comum entre todas as raças de seres inteligentes em toda a nossa galáxia que olham para o céu e pensam para si e sobre si mesmo: “Devemos ser os únicos aqui!” Há uma tendência antropocêntrica entre todas as criaturas vivas, admito, porque cada consciência experimenta apenas o universo de seu próprio ponto de vista individualizado (N.T. Esse é um ponto de vista muito particular da humanidade aqui da Terra que é muito egocêntrica e centrada em si mesma, sendo que este fato é devido ao nosso atual nível evolutivo: como espécie usamos em média apenas CINCO POR CENTO de nossa capacidade cerebral). Aqui na Terra, nós brincamos que os adolescentes pensam que eles são o centro do universo. Mas a verdadeira piada é que grande parte da nossa população adulta, literalmente, ainda acredita exatamente na mesma coisa.

Mas eu estou contente que a grande maioria dos leitores de NaturalNews são inteligentes, bem informados, de mente aberta e tem uma visão da realidade “big picture”, de um quadro maior. Eles realmente apreciam estas discussões sobre um universo maior, a consciência e o reconhecimento de que a Mãe Natureza deixou sua marca não apenas neste planeta de água que chamamos (erroneamente) Terra, mas certamente por toda a galáxia inteira onde quer que a vida possa ser sustentada (e isso é em muitos lugares). Eu não consigo imaginar a viver com a crença de que a grande extensão de todo o universo estaria morto, vazio e sem vida.

Isso não soa apenas espiritualmente muito vazio, mas fisicamente impossível. Como não começar a vida em planetas aquáticos, quando as sementes da vida (DNA, aminoácidos, água, minerais e muito mais) estão sendo lançados a todo instante pelo universo todo graças a cada meteorito e cometa caindo e batendo em planetas? A Terra seria atualmente feita de pedaços de Marte , e Marte, por sua vez, seria feito de pedaços da Terra. Pedaços de Terra agora residem na Lua, e cada molécula de água que agora existe em nosso planeta foi trazido aqui a partir de algum outro planeta ou cometa! Nossa casa é, num sentido muito real, uma colagem de diferentes elementos, metais, líquidos e as sementes da vida aqui reunidos a partir de (literalmente) por toda a galáxia, aquecida pelo sol, em um habitat de apoio à vida “abençoado” através do milagre da fusão nuclear.

Mesmo as coisas de que nós somos feitos – átomos de carbono, água, lipídios, aminoácidos – é composto de elementos criados nas explosões transmutacionais de estrelas/sóis moribundos. “Nós somos feitos de matéria doadas/criadas pelas estrelas”, disse o físico Carl Sagan uma vez, e ele estava certo. Mas o que ainda está faltando para os cientistas, os físicos, é claro, é o elemento (N.T. e aqui os cientistas falham todos, pois esse elemento NÃO É MATERIAL) da disseminação da consciência através do universo. Porque apenas a doação de matéria feita pelas estrelas/sóis sozinho é igual a uma pilha de pedras e metais, mas os seres humanos têm claramente uma consciência como um elemento adicionado na receita de toda a vida e que aglutina toda a matéria. (E assim é com todas as formas de vida através do universo, pelo caminho a fora, incluindo animais e plantas.)

Pensar que a vida humana inteligente só existe aqui na Terra é o pessimismo final. É, em essência, acreditar que já estamos vivendo no inferno.

A consciência da Terra, a Grande Mãe GAIA, é muito generosa conosco.

No final, acho que a crença de que a Terra é o único planeta no universo inteiro com vida inteligente vem de uma crença imensamente auto-ilusória de que “Só nós somos especiais.” Bem, é claro que nós somos especiais. E assim são também especiais todos os outros seres vivos, conscientes que compartilham o nosso universo. Somos todos especiais! O fato de que este universo ainda sustenta a vida é, em si, uma anomalia fantástica. Você percebe que, se as leis da física forem ajustadas, mesmo que minimamente, as estrelas não seriam capazes de usar o hidrogênio como combustível nuclear? Sem nenhum combustível de hidrogênio significa que não haveria sóis. Nem sóis assim como nem planetas habitáveis. Haveria apenas uma total vazio na escuridão e a morte.

E, no entanto, isto não é o nosso universo! Este nosso universo é vivo, é abundante, é diversificado e enorme além da maior imaginação possível. Nós somos apenas uma espécie inteligente entre bilhões/trilhões de outras. Não só nós não estamos sozinhos, mas a própria ideia de que poderíamos estar por si só é incompreensível.

Fonte: http://www.naturalnews.com/035420_human_beings_invasive_species_intelligent_life.html

Autor: Mike Adams

Anúncios

Read Full Post »